• Medir o espaço da cozinha: Todos os móveis de madeira que você usaria teriam que ser acomodados no espaço disponível, por isso é uma boa ideia ter medidas exatas de espaço, incluindo espaço vertical. Este é um bom ponto de partida para determinar os números exatos e a capacidade.

• Estude diferentes tipos de madeira: Existe uma grande variedade de madeiras que podem ser utilizadas nos móveis da sua cozinha. Os mais usados ​​são madeira maciça, compensado, MDF e aglomerado de madeira. É fato que a madeira maciça, embora seja a mais cara do lote, também é considerada atemporal e clássica, mas o painel de fibra de média densidade também é uma boa opção intermediária em termos de robustez e custo-benefício.

• Considere estantes de madeira: as estantes múltiplas montadas na parede são uma técnica muito inteligente usada em muitas cozinhas modulares atualmente. Consistindo principalmente de várias prateleiras de madeira em forma de cubo, essa unidade pode funcionar tanto como uma área de armazenamento quanto como um canto de exibição para seus condimentos exóticos, se desejar.

• Adicione um pouco de cor: Existem muitas opções para pintar seus armários de cozinha inteligentes e que economizam espaço. Ao escolher o conjunto perfeito de armários, tenha em mente não apenas a funcionalidade eficiente, mas também um toque de cor nos armários. Algumas madeiras, como a teca marrom lisa, se dão bem sozinhas por causa do brilho, enquanto outras podem se adequar bem a algumas cores vivas na cozinha.

• Cores contrastantes para mesa e cadeiras: Muitas cozinhas modulares são projetadas de forma que agora podem acomodar uma mesa e cadeiras para a família se reunir e fazer um lanche rápido. Madeiras maciças como carvalho ou cerejeira podem ser uma ótima opção para estes, pois são duradouras e elegantes.

Leave a Comment